Auxílio emergencial 2021 – Caixa libera calendário

A Caixa Econômica Federal, visando o pagamento do auxílio emergencial 2021, está atualizando os dados cadastrais no aplicativo “Caixa Tem” para quem nasceu em maio.

O aplicativo tornou-se muito popular em 2020 pois foi por meio dele que milhões de brasileiros receberam o auxílio emergencial e será utilizado novamente esse ano. 

Contudo, algumas mudanças ocorreram para o ano de 2021 com mudança no valor e atendendo um menor número de pessoas. 

Ou seja, o auxílio emergencial 2021 começa a ser pago em abril e terá em princípio 4 parcelas com valores que variam entre R$ 150, R$ 250 ou no máximo R$ 375, dependendo da situação da família.

A saber, estima-se que ao todo serão 45,6 milhões de pessoas  beneficiadas, um número bem menor quando comparado com as 68,2 milhões de pessoas que receberam em 2020. 

Vale dizer que só receberá o auxílio quem já recebeu no ano passado e por isso já possui cadastro público para análise dos pedidos. 

Por isso, quem não faz parte dos cadastros não receberá o benefício tendo em vista que não aconteceram novos pedidos. 

Todavia, se você quer saber tudo sobre o auxílio emergencial 2021, acompanhe o artigo e fique por dentro do assunto!

Auxílio Emergencial 2021 – Valores e quem pode receber?

O auxílio emergencial de 2021 não terá o mesmo valor pago em 2020. Desse modo, os beneficiários poderão receber três valores; são eles: 

  • Para pessoas que moram sozinhas: R$ 150
  • Famílias com mais de uma pessoa e que não são chefiadas por mulheres: R$ 250
  • Famílias chefiadas por mulheres: R$ 375 

Além disso, para ter direito a receber esses valores, a pessoa deverá atender uma série de critérios; são eles:

  • Ser trabalhador informal ou beneficiário do Bolsa Família
  • Possuir renda familiar mensal de no máximo três salários mínimos – R$ 3.300
  • Ter renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo R$ 550 
  • Recebeu auxílio emergencial no ano de 2020 
Auxílio emergencial 2021
Fonte: Jornal Contábil

Ademais veja a seguir, quem não tem direito de receber o auxílio emergencial 2021:

  • Trabalhadores com carteira assinada (CLT) 
  • Recebedores de benefícios do INSS ou de programa de transferência de renda federal 
  • Quem recebeu o auxílio emergencial, mas não movimentou o dinheiro 
  • Quem teve o auxílio em 2020 cancelado no momento da análise cadastral do novo auxílio
  • Residentes médicos, multiprofissionais, beneficiários do bolsa de estudo, estagiário e similares. 
  • Menores de idade, exceto mães adolescentes 
  • Presidiários 
  • Quem ganhou rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019 
  • Quem possuía em 31 de dezembro de 2019 posse ou propriedade de bens e direitos, com valor total superior a R$ 300 mil
  • Por fim, pessoas que receberam em 2019 rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivos na fonte superior a R$ 40 mil. 

Calendário e como atualizar

Para receber o auxílio emergencial 2021, você deverá atualizar o seu cadastro por meio do aplicativo “Caixa Tem”.  Por isso, acesse o aplicativo e clique em “Atualize seu cadastro” no aplicativo e envie a documentação:

  • Foto 
  • RG
  • CPF
  • Comprovante de endereço

Por fim, veja abaixo o calendário de atualização do caixa tem de acordo com o mês de nascimento dos beneficiários:

  • Janeiro – 14 de março (domingo)
  • Fevereiro – 16 de março (terça) 
  • Março – 18 de março (quinta) 
  • Abril – 20 de março (sábado) 
  • Maio – 22 de março (segunda)
  • Junho – 23 de março (terça)
  • Julho – 24 de março (quarta)
  • Agosto – 25 de março (quinta)
  • Setembro – 26 de março (sexta)
  • Outubro – 29 de março (segunda)
  • Novembro – 30 de março (terça)
  • Dezembro – 31 de março (quarta)

Requisição e pagamentos

Não será possível pedir o benefício. Afinal, no ano de 2020 o governo disponibilizou um aplicativo e um site para as pessoas realizarem o cadastro e solicitar o auxílio. 

A saber, em 2021, o governo vai usar o cadastro feito no ano de 2020, se os indivíduos atenderam os novos critérios, o benefício será pago automaticamente. 

Ademais, o dinheiro será disponibilizado nas contas digitais gratuitas abertas pela Caixa Federal em nome dos beneficiários do auxílio no ano de 2020. 

Todavia, serão pagos R$ 43 bilhões para quase 46 milhões de pessoas, distribuídos da seguinte maneira:

  • 28.624,776 pessoas já cadastradas na Caixa – R$ 23,4 bilhões 
  • 6.301.073 pessoas que estão no Cadastro Único – R$ 6,5 bilhões 
  • 10.697.777 de pessoas que beneficiárias do Bolsa Família – R$ 12,7 bilhões 

  Por fim, os pagamentos do auxílio emergencial 2021 começam em abril. 

E então, gostou de saber um pouco mais sobre o auxílio emergencial 2021? Qualquer dúvida que você tenha, indicamos entrar em contato diretamente com a Caixa Econômica por meio de seus telefones, assim como chat online e atendimento presencial em último caso.

Não deixe de ler – Imposto de Renda 2021 – Veja como fazer

Diga o que achou? Você será o primeiro! on "Auxílio emergencial 2021 – Caixa libera calendário"

Diga o que achou!

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.