Consultar Restituição Imposto Renda

Aprender a consultar restituição do imposto de renda poderá deixar o seu dia a dia melhor, pode acreditar. Afinal, você pode ter ganhado uma quantia financeira que talvez não esperava e saberá ao fazer essa consulta.

Esse valor em dinheiro se deve pela devolução de imposto de renda pago a mais no ano anterior, e o governo já realizou diversos repasses do ano de 2019.

Desse modo, é importante ficar ligado como consultar restituição para saber quando irá receber o valor e se programar para fazer o resgate. Além disso, dá até para pensar no que fazer com o dinheiro.

Sendo assim, acompanhe o artigo para se inteirar das informações oficiais.

Motivos para consultar restituição do IRRF

Realizar a consulta consiste em algo super importante justamente porque mostra se você tem direito a resgatar um valor do qual tem direito. Afinal, você pagou mais imposto, e por isso deve conferir esse extrato.

Para conseguir entender melhor o mecanismo, vale a pena analisar alguns conceitos. Além disso, deve-se tirar todas as dúvidas que surgem sobre esse assunto, que se não for totalmente desmistificado, pode prejudicá-lo financeiramente.

Bom, vamos lá. Sabe-se que todo brasileiro que atinge determinada faixa de renda fica sujeito a pagar Imposto de Renda. No ano calendário-2019 o valor mínimo estabelecido era de R$ 28.559,70. Desse modo, quem atingiu essa quantia esteve sujeito a pagar imposto.

Além desse valor, outras obrigatoriedades também se fazem presentes, como por exemplo alguns tipos de investimentos e valores recebidos e que podem ser tributados.

A saber, logo após o seu cálculo, o IRRF deve ser quitado pela origem recolhedora. Por exemplo, as empresas que pagam salários dos funcionários e já fazem o repasse de maneira direta ao governo.

Dessa maneira, quem recebe salário ou resgata valores oriundos de aplicações financeiras com imposto de renda retido na fonte, receberá o valor com o IR pago.

Isso significa que sobre o valor total, o contribuinte recebe a quantia líquida, já com o tributo descontado. Contudo, o imposto recolhido na fonte, pode ter havido uma arrecadação maior do que o empregado deveria ter pago.

DIRPF – Declaração de Ajuste Anual de Imposto de Renda

Com a necessidade do envio da DIRPF – Declaração de Ajuste Anual de Imposto de Renda, pode haver a dedução do valor total pago ao governo.

Gastos com educação, saúde, previdência privada, dependentes, contribuição ao INSS, doações e aluguel, podem sofrer dedução do imposto de renda.

Nesse sentido, no cálculo final, o valor que o contribuinte tem a pagar e as despesas que ele pode deduzir, resulta na possibilidade do mesmo ter pago mais imposto do que de fato deveria.

Desse modo, somente com o devido preenchimento e envio da DIRPF, o declarante consegue ter um panorama correto sobre as deduções que cobrem o valor a ser pago com o imposto de renda.

Por esses motivos, se mostra tão importante o acompanhamento e a consulta restituição do Imposto de Renda. Pois você poderá ter uma quantia disponível junto à Receita Federal.

Consultar restituição
Foto: Portal Contábeis

Consultar restituição – Como realizar essa consulta?

Consultar restituição consiste em uma tarefa fácil, rápida e simples e você pode visualizar se o valor a receber já caiu em sua conta. Caso não tenha caído, você poderá consultar qual lote consta a sua contemplação.

Para ajudar você a realizar a consulta, preparamos um passo a passo rápido e simples, vamos lá?

  • Primeiramente você deve acessar o portal oficial.
  • Em seguida, preencha os dados necessários – CPF e data de nascimento.
  • Informe o ano sobre o qual pretende pesquisar a restituição
  • Preencha o código de segurança no campo devido
  • Em seguida clique em avançar
  • Pronto, posteriormente o sistema te redirecionará para tela de consulta e você poderá checar se a restituição está disponível ou não.

Status da declaração

Além de conseguir consultar restituição, o contribuinte conseguirá visualizar como anda a situação da sua declaração com a Receita Federal.

Dessa maneira, entenda o que cada status que poderá estar aparecendo significa:

  • Em processamento: Com esse status a Receita Federal está analisando a declaração, continue verificando com frequência até obter o status final.
  • Em fila de restituição: Significa que você terá direito a restituição do IR. Continue acompanhando a liberação dos lotes e confira qual o seu lote e quando você receberá.
  • Processada: Significa que a Receita Federal recebeu, analisou e finalizou a declaração.
  • Com pendências: Significa que a Receita Federal analisou e identificou problemas, que podem ser alguma falta de documentação, dados, renda ou gastos. Fique atento aos detalhes fornecidos pelos órgãos e reenvie a declaração com os dados necessários.
  • Em análise: Após você enviar a DIRPF, o governo está avaliando os dados recebidos. Continue consultando para saber qual será o próximo status.
  • Retificada: A declaração retificadora foi aceita.
  • Cancelada: O envio da declaração teve seu cancelamento pelo órgão. Com isso, uma nova declaração deverá ser enviada.
  • Tratamento manual: Algumas pendências estão sendo analisadas pela Receita Federal e a notificação será feita por correspondência.
  • Desse modo, é nítida a importância da consulta do status da declaração de imposto de renda, para saber se há alguma pendência com o Fisco, além de conseguir verificar se existe algum valor a ser restituído.
Consultar restituição
Foto: Agência Brasil

Consultar restituição – Lotes 2020

Todo ano o crédito do imposto de renda é feito em lotes. As datas são definidas pela Receita Federal. Para o ano de 2020 o governo divulgou as respectivas datas:

1° lote – 29 de maio de 2020
2° lote – 20 de junho de 2020
3° lote – 31 de julho de 2020
4° lote – 31 de agosto de 2020
5° lote – 30 de setembro de 2020

Os lotes são ordenados por prioridades através da lei tributária. Com isso, idosos e deficientes são contemplados primeiro, posteriormente os demais contribuintes.

E então, nosso artigo conseguiu te ajudar?

Não deixe de ler também – Consulta ao IPTU: o que é essa taxa e como realiza-la?

Diga o que achou? Você será o primeiro! on "Consultar Restituição Imposto Renda"

Diga o que achou!

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.